25 milhões perderam emprego na América Latina na pandemia, diz Banco Mundial

O vice-presidente do Banco Mundial acrescentou que a covid-19 acelerou tendências antigas, entre elas o processo de desindustrialização, que acentua desigualdades econômicas



Vice-presidente do Banco Mundial para América Latina, Carlos Felipe Jaramillo estima que 25 milhões de pessoas perderam o trabalho durante a pandemia. "Este é o momento de repensar o emprego, criando mais e melhores trabalhos e investindo na educação e formação", defendeu, em entrevista transmitida pelas redes sociais da instituição.


Jaramillo acrescentou que a covid-19 acelerou tendências antigas, entre elas o processo de desindustrialização, que acentua desigualdades econômicas. "Não quer dizer que o setor industrial irá desaparecer, mas que o de serviços vai ser o que mais vai gerar empregos no futuro. E esses empregos requerem mais habilidades", explicou.



 
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone