CLIQUE

Anos depois, Priscilla finalmente conta as exigências de Elvis


Elvis Presley é indiscutivelmente o rei do rock ‘n’ roll e uma das figuras mais influentes do século XX. A lenda que inspirou pelo menos 85.000 imitadores ao redor do mundo era conhecido por trazer o rock para a mídia mainstream, com seus shows animados e seus passos de dança – sua aparência icônica certamente ajudou.


Se você sabe muito sobre Elvis Presley, os aspectos mais misteriosos e menos conhecidos de sua carreira e vida privada são realmente fascinantes. Continue lendo para descobrir fatos incríveis sobre o Rei do Rock.


1. Um Aluno Mediano?

Nem todo mundo reconheceu o talento do Rei do Rock imediatamente. No colégio, o professor de música de Elvis Presley lhe disse que ele era medíocre. Presley era um pouco solitário e seus colegas de classe caçoavam dele frequentemente porque ele tocava “música de caipira”.

Talvez por isso ele se sentisse tão intimidado em tocar em público quando era criança, mesmo que mais tarde fosse conhecido por ser um artista excêntrico e extremamente confiante.


2. A Cor Do Cabelo De Elvis Presley Não Era Natural

Elvis Presley, o eterno rei do rock ‘n’ roll, é conhecido por muitas coisas, sendo uma delas seu cabelo. Mas o clássico cabelo moreno e brilhante de Presley não era natural. Ele pintava o cabelo.


Na verdade, o ícone do rock nasceu loiro e começou a pintar seu cabelo quando jovem pra ter uma aparência mais descolada. Além disso, quando era mais novo, Elvis confessou ter usado graxa de sapato como tinta. Mas a personalidade descolada de Presley nem sempre foi direcionada a música. Naquela época, ambos estavam apaixonados um pelo outro mas sabiam das implicações de começarem um relacionamento, uma vez que ela só tinha 14 anos. Eles teriam de esperar. Além disso, Elvis tinha de retornar aos Estados Unidos e havia pendências a serem resolvidos…


3. Elvis Não Queria Um Violão

O rei do rock nem sempre foi interessado em rock – ou sequer em música. Na verdade, ele só ganhou seu primeiro violão aos 11 anos de idade. Logo depois de ganhá-lo, Presley aprendeu a tocar e a tocar bem.



Elvis e Priscila

Originalmente, o rei queria um rifle em vez de um violão, mas sua mãe se certificou de que ele não tivesse um. Obviamente, essa se mostraria a melhor opção. Como você vai ver mais adiante, no entanto, Presley nunca perderia o interesse em armas de fogo. Ao longo dos anos, ele havia montado uma grande coleção de armas e rifles. Vários itens da coleção foram leiloados após a sua morte, todos vendidos por uma pequena fortuna.


4. Ele Nunca Tocou Fora Da América Do Norte

No auge da carreira de Elvis, pessoas ao redor do mundo todo queriam vê-lo. Ele estava esgotando shows nos Estados Unidos cantando “Heartbreak Hotel” e “That’s All Right”, mas infelizmente para seus fãs em outros países, eles ficariam esperando pra sempre.

Embora Presley tenha tocado no Canadá em 1957, ele nunca tocou fora da América do Norte. É curioso que o músico mais popular da época nunca fez turnês ao redor do mundo, e há muitas especulações sobre o porquê disso. Algumas dessas especulações têm a ver com seu gerente, sobre quem você saberá mais em breve. Por essa razão, Presley entraria para a história como o único músico a ter 40% de suas vendas no exterior sem nunca ter tocado fora dos EUA.



5. Apenas Um Soldado Comum

É um fato bastante conhecido que Elvis Presley fez um intervalo em sua carreira musical quando foi convocado pelo exército americano em 1958 – algo quase inimaginável para um astro hoje em dia. E essa decisão o fez ser muito respeitado por seus detratores. Seu fascínio pelos militares datava da infância, e todo mundo dizia que ele preferia o exército à carreira de músico.


Quando foi convocado, Presley recusou a oferta de se alistar para Serviços Especiais, onde entreteria os soldados e teria alojamentos melhores. Optando por servir como um soldado comum, ele chegou a conquistar os americanos desconfiados que o enxergavam como uma influência cultural negativa. Ele conquistaria outra pessoa durante sua estadia no exército.


6. O Rei Conheceu Sua Esposa Quando Ela Tinha 14 Anos

Logo após ser convocado para o exército, o rei do rock ‘n’ roll foi servir na Alemanha. Foi lá que ele viu pela primeira vez a bela Priscilla Beaulieu, com quem eventualmente se casaria.


Priscilla tinha apenas 14 anos de idade na época, e Presley tinha 24. Entrar em um relacionamento com um dos maiores astros do planeta teve uma carga emocional para a jovem garota, como você descobrirá em breve. Seu estilista particular Larry Geller sempre se esforçava muito para manter o cabelo do Rei brilhante e impecável, tanto no palco quanto fora dele. Apesar de querer passar a imagem de rebelde, a persona espinhosa de Presley nem sempre se limitava à música.



7. Namorar Elvis Nem Sempre Foi Fácil Para Priscilla

Por mais incrível que parecesse para qualquer jovem mulher ser desejada por Elvis Presley, o relacionamento entre Priscilla Beaulieu e o astro internacional foi pesado para ela. Nem sempre era fácil estar à sombra de Presley em uma idade tão tenra.


“Logo cedo, eu fiquei um pouco confusa quanto a quem eu era, eu realmente não vivi minha adolescência,” ela disse. “Eu aprendi tanto e estive tanto com ele que eu pensava da mesma forma que ele.” Ela revelou recentemente um detalhe chocante sobre a relação – seu marido nunca havia a visto sem maquiagem. Era uma exigência dele.


Priscilla não foi a única a sucumbir aos encantos de Presley na Alemanha, no entanto.


8. Elvis Não Gostava De Passar As Noites Sozinho

Além de sua habilidade de tocar rock como ninguém, Elvis Presley era conhecido por ser gentil ocasionalmente, especialmente quando mais jovem. Acredita-se que o rei não gostava de passar as noites sozinho.


Alguns especulam que seu desejo de dormir acompanhado era devido à dificuldade de superar a morte da mãe, que faleceu pouco tempo depois de sua partida para Alemanha. De qualquer forma, Presley sempre se certificava de ter alguém ao seu lado quando serviu. E, como você descobrirá em breve, nem sempre era Priscilla. Só nos resta imaginar como sua esposa lidava com esse hábito, mas com certeza não devia ser nada agradável saber que seu marido compartilhava a cama com outras mulheres.


9. Os Interesses Românticos do Rei


Durante sua estadia na Alemanha, Priscilla, que era filha de um piloto da marinha americana, não foi o único interesse romântico de Presley. O astro internacional parece ter se interessado pela cultura local também.


O rei também teve um romance com uma bela garota alemã de 19 anos de idade, Elisabeth Stefaniak, que, após pedir-lhe um autógrafo, foi contratada para lidar com as cartas dos fãs. O romance entre eles terminou quando Presley retornou aos EUA, e sua atenção se voltou para a futura Sra. Presley. Elisabeth Stefaniak não foi a única com quem o Rei teve um caso extraconjugal. Ao longo dos anos, várias mulheres entravam e saíam de sua vida. Mas e quanto a Priscilla?


10. Elvis Só Se Casou Com Uma Mulher


Elvis Presley é conhecido por ter sido um garanhão, e era de se esperar que isso implicasse em vários casamentos ao longo de sua vida. Mas o rei só se casou com uma mulher, e essa mulher foi Priscilla Beaulieu.


Elvis e Priscilla casaram-se em Las Vegas em 1967. Ela era muito nova (tinha apenas 14 anos) quando eles se conheceram, mas isso não os impediu de se apaixonarem e começarem a namorar. E embora os dois formassem um casal adorável, os aspectos mais profundos do casamento servem de lembrete ao mundo de que eles ainda eram humanos. Priscilla revelou um fato surpreende sobre o relacionamento que mostra como os dois interagiam longe das câmeras – continue lendo para descobrir o que era.


11. Elvis Nunca Via Sua Esposa Sem Maquiagem

Ao longo do tempo que Elvis e Priscilla Presley passaram juntos, o rei do rock nunca viu sua esposa sem maquiagem, segundo ela própria. O rei também não gostava de ver sua esposa se vestir. Para Elvis, ela dizia, o mistério era muito importante.

“Ele nunca queria me ver me arrumando, ele queria ver o resultado disso,” Priscilla disse. Ela aceitava, admitindo apenas anos depois que sempre estava com um pouco de maquiagem. Ela disse que os homens são assim – eles não ligam para o processo e o esforço de uma mulher para ficar bonita. Eles só querem ver o resultado.


Levar esse tipo de vida deve ter sido estressante e muito difícil para Priscilla, mas será que havia mais coisas ‘estranhas’ no casal?


12. A Decisão De Casar Não Dependeu Inteiramente De Elvis Ou Priscilla

Há uma linha tênue entre a carreira e a vida pessoal no show business, especialmente para astros tão grandes quanto Elvis. Alguns dizem que, embora Elvis e Priscilla estivessem claramente apaixonados, a decisão de juntar as escovas de dente não partiu deles.


Dizem que o grande empresário de Presley, o Coronel Tom Parker, foi quem decidiu que os dois deviam se casar naquele momento – pelo bem da imagem de Presley aos olhos do público, claro. A união oficial dos dois não durou muito, no entanto. É possível que o casamento ‘forçado’ tenha provocado uma reação negativa no casal, além dos outros problemas com que obviamente lidavam. Elvis muito frequentemente deixava sua equipe de produtores controlar sua vida, e isso definitivamente tinha suas desvantagens.


13. Elvis Se Distanciou Depois Do Nascimento Do Filho

Elvis e Priscilla Presley se separaram em 1972, apenas alguns anos após o casamento. É um fato conhecido que a relação de Presley com sua esposa começou a piorar pouco tempo depois do casamento, mas uma das razões para isso, segundo Priscilla, é surpreendente.


As coisas mudaram entre o rei e sua esposa, de acordo com Priscilla, depois que tiveram um filho juntos. Eles começaram a se distanciar e, eventualmente, o relacionamento ruiu. No entanto, esse fenômeno não é incomum. Alguns homens se sentem isolados e preteridos pelas esposas porque a atenção é voltada para a criança. Talvez o Rei também tenha se sentido assim, quem sabe? Esse não foi o único segredo que a ex-esposa de Presley revelou sobre a lenda do rock, no entanto.



14. A Fobia Secreta Do Rei Do Rock ‘N’ Roll

Aparentemente, Elvis Presley tinha misofobia. Não, ele não odiava os povos germânicos, se foi o que você pensou. Isso mesmo: O violonista másculo e turbulento morria de medo de germes, Priscilla contou ao Daily Mail em 2015. E o astro ia longe para garantir que estava protegido.


O rei do rock não gostava de comer na casa de outras pessoas, e quando o fazia, ele levava seus próprios talheres. Segundo Priscilla, “ele bebia do lado da asa da xícara, sabendo que ninguém bebia daquele lado.” Embora muitos suspeitem que a fama tenha o deixado mais cauteloso com a saúde, Priscilla refutou essa tese alegando que ele era assim desde pequeno.

Será que Elvis tinha mais segredos?


15. Elvis Tinha Um Chimpanzé De Estimação

Todo astro do rock excêntrico tem um bicho de estimação exótico e, como o rei de todos os atros do rock, Elvis Presley era único. O rei tinha

um chimpanzé de estimação muito agitado chamado Scatter.


Scatter, que significa ‘bagunçar’ em inglês, era um nome apropriado para ele, uma vez que o chimpanzé corria pelas festas de Presley em sua mansão em Graceland gritando e assustando os convidados, geralmente vestindo ternos ou camisetas havaianas. Presley sempre amou os animais e o chimpanzé não foi o único que teve – mas certamente era o mais exótico. Aparentemente, ensinaram alguns truques sujos para Scatter, o que o fez levar um soco no queixo de uma das namoradas de Presley uma vez. Acha que isso é maluquice? Aguarde. Aquele danado costumava levantar as saias das mulheres, o que era sempre muito constrangedor. Elvis adorava as traquinagens de Scatter apesar dos outros se incomodarem. Acha isso maluco? Espere só.


16. Elvis Amava Armas

Conforme mencionado acima, Elvis Presley amava armas de fogo, talvez tanto quanto amava violões. E ele não era necessariamente o dono de armas mais cuidadoso do mundo. Um dos amigos de Presley, o cantor Tom Jones, disse que uma vez achou uma arma que Elvis teria supostamente jogado fora em um camarim.


Ao longo dos anos, ele tinha colecionado uma quantidade invejável de armas de fogo e elas lhe eram muito valorosas. Ele gostava mais de armas do que de música.


Em outro incidente relatado por Ginger Alden, uma ex-namorada de Presley, o rei atirou em uma televisão – isso que é um homem excêntrico. E esses não foram os únicos incidentes de Elvis Presley envolvendo armas. Aguarde e contaremos outro incidente relatado por Alden.



19. O Rei Era Generoso

Ao longo de sua carreira, o rei do rock ‘n’ roll reconheceu a importância de Coronel Parker em sua escalada para o sucesso. E Parker foi bem recompensado: Ele ficava com 50 porcento dos lucros de Presley até o fim de sua vida.

Presley era tido por muitos como um homem generoso – especialmente com sua família e amigos. E ele fez muitas coisas malucas para expressar sua gratidão aos fãs, algumas envolveram fingir ser um policial. Em parte, esses súbitos atos de bondade fizeram dele uma das pessoas mais benquistas da indústria do entretenimento. As pessoas adoram astros que parecem seres humanos comum e Elvis não era exceção.


20. A Fantasia De Policial De Presley

Como muitos grandes astros da história, Elvis Presley amava muito seus fãs. De acordo com Priscilla Presley, Elvis às vezes se vestia de policial e parava carros na rua para entregar uma “multa” ao motorista – seu autógrafo.

O rei pregou muitas peças para surpreender seus leais fãs e permanecer sob os holofotes. Ele era uma celebridade no auge da carreira e podia fazer quase tudo o que quisesse sem nenhuma represália. Acredite se quiser, Presley recebeu um distintivo de verdade mais tarde. E você nunca vai adivinhar quem deu pra ele, no entanto.



21. Elvis Presley E O Presidente Nixon


Em 1970, Elvis Presley subitamente decidiu encontrar o presidente dos Estados Unidos à época, Richard Nixon. O presidente lhe concedeu um encontro e, durante a reunião, Presley lhe fez um pedido bizarro, solicitando um distintivo de Policial Federal Antidrogas.

O que é mais bizarro ainda é que Nixon lhe deu um. O republicano não foi o único presidente com quem o rei do rock falou e, como você descobrirá em breve, parece que Elvis Presley não discriminava os presidentes de acordo com o partido político. No entanto, ele agiu impulsivamente e esperava ter todos os seus desejos atendidos. Não havia quem pudesse dizer não ao Rei. Ser paparicado assim tinha suas consequências, no entanto, e todos sabemos quais foram.


22. O Rei Queria Ir Para O Céu

Embora não fosse necessariamente conhecido por ser religioso, Elvis Presley não parecia se opor à ideia de uma religião. O astro tinha uma vida boa no planeta Terra e não queria deixar de conhecer o céu também.

Escolher apenas uma religião, no entanto, era arriscado demais para o rei do rock ‘n’ roll. Ele disse que não queria deixar de ir para o céu “por uma tecnicalidade”, e para evitar isso usava uma cruz, uma estrela de Davi, e a palavra hebraica “Chai” pendurados no pescoço. Sua piedade e superstição nunca conseguiram protegê-lo de si mesmo, no entanto. Em vida, ele cometeu muitos erros e magoou as pessoas próximas. Isso se aplica principalmente à esposa.




23. Elvis Chegou A Fazer Lifting


O rei do rock ‘n’ roll tinha que manter sua imagem, e ele estava bem ciente disso. Em um dado momento, Elvis percebeu que não parecia mais tão jovem quanto costumava ser. Cinco anos depois, aos 40 anos, de acordo com a ex-namorada Linda Thompson, Presley fez lifting.

Um tópico sensível para a maioria das celebridades, foi alegadamente o único procedimento cirúrgico ao qual o rei do rock se submeteu para preservar a aparência jovial. Mas ele fez outras coisas para tentar continuar atraente, e nem todas eram saudáveis. Sua aparência se deteriorou por causa dos hábitos nada saudáveis que cultivou após um leve declínio na carreira. Isso incluía o uso excessivo de álcool e drogas, que levariam ao tráfico fim do Rei.


24. Elvis Lutou Para Continuar Jovem

Em seus últimos anos, Elvis Presley lutou contra drogas farmacêuticas e problemas de peso para tentar continuar bonito. Uma das desvantagens da fama é que há uma pressão tremenda para que artistas mantenham uma aparência jovem conforme envelhecem.

E não é fácil. Elvis alegadamente ficou sedado por duas semanas para perder peso. Durante esse período, diz-se que a lenda do rock deixava sua cama apenas para tomar banho, usar o banheiro e comer pequenas porções de comida. As medidas extremas que tomou para manter sua beleza icônica o prejudicaram bastante, e não havia mais volta. Brinque com fogo e você irá se queimar. Elvis se queimou e não tinha mais saída.


25. Em Dado Momento, Elvis Mal Comia

Eventualmente, Elvis Presley chegou ao ponto de não conseguir comer direito, de acordo com seu irmão David Stanley. Foi um período sensível para o rei do rock, mas ele segurou as pontas o quanto pôde.


Em seus últimos anos, o rei adormecia no meio de uma refeição, e Stanley tinha que ajudá-lo a comer. Mas mesmo em tempos difíceis, Presley não desistia de suas famosas artimanhas de astro. Ele tinha sua aparência em alta estima e se esforçava imensamente para mantê-la. Obviamente, a pressão se tornou grande demais para suportar e ele passou a afundar mais e mais. Ele chegou a tentar dar a volta por cima.


26. A Despedida Modesta Do Rei

Elvis Presley é um dos maiores ícones do século XX e é reconhecido frequentemente por isso, então era de se esperar que ele tivesse um grande funeral. Um funeral que estivesse à altura de suas festas cheias de bebidas, belas mulheres e chimpanzés.

Mas não foi o caso. Três astros vieram para se despedir de Presley: os atores George Hamilton e Ann-Margret, e James Brown, sem contar com sua família e amigos, é claro. Multidões de fãs se juntaram nas ruas de Memphis quando o carro funerário passou. O pai de Presley exigiu que a cerimônia fosse pública. Mas talvez um evento menor tivesse mais a ver com como Elvis era em sua juventude: discreto e longe dos holofotes. E o que aconteceu com Graceland?




 
ÃNUNCIO DESIGN.jpg
ÃNUNCIO DESIGN.jpg
Navegue pela web
faceVERDE redondo PNG.png
whatsapp novo3.png
logo real certo.png

Siga-nos no FACEBOOK e receba as notícias em tempo real no Feed do seu facebook.

logo real certo.png

EXPEDIENTE

REVISTA REAL NOTÍCIAS

A Revista Real Notícias foi fundada em primeiro de junho de 2020,.

O veículo é completamente digital, com suporte nas redes  sociais. Atuação nos canais: Facebook - Twitter - Instagram e You tube.

Direto Presidente: Carlos de Mello 

Vice Presidente: Damasceno Henrique

Jornalista Responsável: Carlos Hemrique

Colaboradoes:

Kelly Barros - Colunista de Moda

Cmte. Diniz - Notícias da Caserna

REVISTA REAL NOTÍCIAS - AV. HENRIQUE LOTTE , 50 - BARRA DA TIJUCA - RJ - BRASIL - SITE DESENVOLVIDO POR DESIGN GRÁFICO REAL - 00029291712