Antonio Fagundes critica demissões na Globo: arriscando a própria história

Em entrevista a uma revista, Antonio Fagundes ressalta que a Globo trabalha com emoção e que isso deveria ser levado em conta


A mágoa de Antonio Fagundes por não ter o contrato com a Globo renovado após 44 anos parece ainda não ter passado. Em entrevista à revista Veja, o ator que deu vida a tipos inesquecíveis na televisão alertou que a "Globo está se desfazendo de seu patrimônio e arriscando sua história."



Fagundes reconhece que a política de cortar gastos que vem sendo seguida pela Globo e levou a demissões de outros medalhões como Tarcísio Meira e Gloria Menezes pode ter explicação no meio empresarial. Mas não concorda com o que vem sendo feito. "Comparando, é como se um museu que durante décadas expôs a Monalisa de repente resolvesse se desfazer justamente dela. Pode ser bom do ponto de vista administrativo e financeiro, mas corre-se um grande risco", afirmou.



"A Globo não é uma fábrica de sapatos, trabalha com arte, emoção e fidelidade. Durante cinquenta anos, o público assistiu a essas pessoas nessa emissora e tem um carinho especial por elas. Entendo que não é específico comigo, que não fui mandado embora porque não sirvo mais.", continua o ator, que confirma as negociações para voltar à tela no remake de Pantanal, em 2021, como contratado apenas para aquela novela.

 
design real.png
design real.png
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone

REVISTA REAL NOTÍCIAS - AV. HENRIQUE LOTTE , 50 - BARRA DA TIJUCA - RJ - BRASIL - SITE DESENVOLVIDO POR CARLOS DE MELLO MARQUES - 00029291712