google-site-verification=lbjueM2tO1RF8DU_YVArfBjlwLINtJ5N-0i3bpcVFVo
top of page
Post: Blog2_Post

Brasileira desaparecida em Israel é encontrada morta, diz família

Atualizado: 21 de nov. de 2023

Bruna Valeanu estava desaparecida após o ataque promovido pelo Hamas contra Israel, no sábado (7/10)


A brasileira Bruna Valeanu, que estava desaparecida em Israel desde o ataque do Hamas no sábado (7/10), morreu em decorrência da invasão. A informação foi confirmada pela família.


Bruna estava na festa Universo Paralello, que ocorria próximo à Faixa de Gaza, e que foi atacada por combatentes do Hamas.


Após o ataque na festa, ela chegou a entrar em contato com a família, mas ainda no sábado, os parentes perderam contato com a jovem.


Irmã de Bruna, Florica Valeanu diz que a "ficha não caiu". "É com muita dor que eu me despeço . A minha neném virou uma estrelinha no universo. Te amo pra sempre neném!", escreveu a mulher em uma postagem de despedida.


A brasileira tinha 24 anos e nasceu no Rio de Janeiro, mas também tinha nacionalidade israelense. Desde 2015 morava em Israel, na cidade de Petah Tikva. No país, ela estudava comunicação e sociologia/antropologia na Universidade de Tel Aviv.


Bruna é a segunda brasileira morta no ataque


Na noite da segunda-feira (9/10), a família de Ranani Glazer, que também estava no mesmo festival de Bruna quando o ataque do Hamas ocorreu, confirmou a morte do brasileiro. O Itamaraty confirmou a informação na manhã desta terça-feira (10/10) e prestou condolências à família.


O brasileiro, de 24 anos, é natural do Rio Grande do Sul e morava em Israel há sete anos. O jovem tinha dupla cidadania e já prestou serviços militares no território israelense.

Comments


bottom of page