Encontrados corpos ‘quase perfeitos’ de moradores de Pompeia



Os dois homens, aparentemente senhor e escravo, foram mortos no dia seguinte ao da fase inicial da erupção que destruiu a


cidade romana em 79 d.C.



Funcionários do Parque Arqueológico de Pompeia informaram na sexta-feira (20 de novembro) que, durante escavações em uma vila (residência de campo) nos arredores da cidade romana, foram encontrados os corpos do que se pensa ser um homem rico e seu escravo, noticiaram órgãos de imprensa como o jornal “The Guardian” e o site BBC News. Os dois homens teriam morrido tentando fugir da erupção do Monte Vesúvio, em 79 d.C., que destruiu a cidade. Os corpos estavam quase perfeitamente preservados, segundo os funcionários.


Deitados próximos um do outro, o senhor e seu escravo teriam escapado da fase inicial da erupção, quando a cidade foi coberta por cinzas vulcânicas e pedra-pomes. Mas não resistiram a uma explosão ocorrida no dia seguinte.

No mesmo local, já havia sido descoberto um estábulo de onde foram desenterrados, em 2017, os restos mortais de três cavalos atrelados. Os corpos recentemente descobertos foram objeto da criação de moldes.

 
ÃNUNCIO DESIGN.jpg
ÃNUNCIO DESIGN.jpg
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone

REVISTA REAL NOTÍCIAS - AV. HENRIQUE LOTTE , 50 - BARRA DA TIJUCA - RJ - BRASIL - SITE DESENVOLVIDO POR CARLOS DE MELLO MARQUES - 00029291712