Governo proíbe exibição de filme de Danilo Gentili em plataformas on-line

Multa para quem descumprir a decisão é de R$ 50 mil por dia. No fim de semana, o ministro da Justiça, Anderson Torres, criticou o filme "Como se tornar o pior aluno da escola", afirmando que ele tem "detalhes asquerosos"



O Ministério da Justiça e Segurança Pública determinou, em caráter cautelar, a suspensão imediata da exibição do filme Como se tornar o pior aluno da escola, de Danilo Gentili, nas plataformas que têm o direito de exibição do longa. A decisão saiu nesta terça-feira (15/3). Caso as empresas não cumpram o parecer da Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) em cinco dias, podem pagar multa diária de R$ 50 mil.



A suspensão foi aplicada "tendo em vista a necessária proteção à criança e ao adolescente consumerista". Para embasar a decisão, a pasta citou o Código de Defesa do Consumidor e a Constituição Federal. Veja o trailer do filme:



No fim de semana, o ministro da Justiça Anderson Torres criticou o filme, afirmando que ele tem “detalhes asquerosos”. O filme está disponível no catálogo da Netflix, no Telecine e no Globoplay.

18 visualizações