top of page
Post: Blog2_Post
anuncio cabeçario site.png
Buscar

Grécia congela bens financeiros de vice-presidente do Parlamento Europeu presa em caso de corrupção

A medida, que também se aplica aos familiares de Eva Kaili, inclui "contas bancárias, cofres, empresas e quaisquer outros ativos financeiros".


Atenas, Grécia - A Autoridade da Luta contra a Lavagem de Dinheiro da Grécia congelou os bens financeiros da grega Eva Kaili, uma das vice-presidentes do Parlamento Europeu, detida em Bruxelas por seu suposto envolvimento em um escândalo de corrupção, informou a agência nesta segunda-feira (12).


A medida, que também se aplica aos familiares de Kaili, inclui "contas bancárias, cofres, empresas e quaisquer outros ativos financeiros", explicou o presidente da autoridade, Haralambos Vourliotis.

A agência notificou a medida às instituições bancárias gregas e aos serviços estatais competentes, indicou Vourliotis.

O congelamento de bens também afeta membros de sua família próxima, como seus pais, segundo a mesma fonte.



A autoridade também investiga uma empresa imobiliária recém-criada no luxuoso bairro de Kolonaki, em Atenas, supostamente criada pela deputada de 44 anos e seu sócio italiano, também preso na Bélgica.


A prisão de Eva Kaili, eurodeputada desde 2014 e uma das vice-presidentes do Parlamento Europeu desde janeiro, causou comoção na Europa, especialmente em seu país natal.


Esta ex-apresentadora de televisão foi acusada de "corrupção" no domingo em Bruxelas e presa no âmbito da investigação de um juiz belga sobre o dinheiro pago supostamente pelo Catar para influenciar nas decisões da principal instituição da União Europeia.

bottom of page