Buscar
  • REVISTA REAL NOTÍCIAS

Lula diz que Regina Duarte mentiu para a Justiça e cobra aplicação de multa

Regina publicou, em abril do ano passado, uma fake news contra Marisa Letícia, ex-primeira dama


O ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva segue movendo ação na Justiça contra a atriz Regina Duarte. A motivação foi uma fake news propagada pela bolsonarista, em abril de 2020 , sobre o patrimônio da falecida mulher de Lula, Marisa Letícia.


Na última semana, a ex-secretária de Cultura do Governo Bolsonaro fez um post em seu instagram e se retratou, dizendo que a publicação é "um sincero sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e sua família".



Nunca foi minha intenção divulgar uma inverdade ou propagar fake news. Infelizmente, neste caso, fui induzida ao erro e quero, por isso, estender um sincero pedido de desculpas à memória de D. Marisa Letícia e a sua família.

Regina Duarte


A reclamação do ex-presidente na Justiça se deve a um outro post no instagram de Regina. No ano passado, a atriz declarou que foram encontrados R$ 256 milhões nas contas da ex-primeira dama. O saldo, na realidade, apresentava R$ 26 mil. Um juiz confundiu a quantia aplicada em investimentos com debêntures de outra origem.


A defesa de Lula alegou que Regina mentiu, quando disse em juízo que, assim que soube que as informações eram mentirosas, retirou a publicação do ar. Em novembro, a 'namoradinha do Brasil' garantiu que a postagem estava apagada. Os advogados de Lula provaram o contrário.

Em relatório técnico apresentado pela defesa do político, a charge com a fake news continuava na rede social de Regina. Até a produção desta nota, a imagem segue publicada e com quase 130 mil curtidas.



Para Luiz Inácio, a ex-secretária particou litigância de má-fé e deve pagar multa correspondente a 10% do valor da causa: R$ 13 mil. Nos comentários da postagem, apoiadores da maior figura do Partido dos Trabalhadores cutucaram a ex-global: "Tá com 131 mil reais sobrando pra pagar de indenização por essa mentira?", escreveu uma seguidora.


No processo, a defesa da atriz afirma que não apagou a charge, pois "possuía cunho artístico cômico e "era uma expressão de humor feita por um artista, sendo manifesta a proteção Constitucional”. Além disso, foi ressaltado que os outros posts sobre o assunto foram apagados. O pedido de multa ainda não foi julgado.

6 visualizações0 comentário
 

Mais Notícias