anuncio cabeçario site.png
Buscar

Moradores de rua ocupam estações do sistema BRT no Rio

Pessoas dormindo nas estações, entulho, pichações reforçam o abandono do sistema de transporte da prefeitura na gestão Paes



O dia amanhece no Rio de Janeiro. Na estação Penha I, na zona norte da cidade, passageiros aguardam a chegada de um ônibus do sistema BRT. Estação pichada, os usuários do transporte público carioca se aglomeram em uma parte da plataforma enquanto outro pedaço é ocupado por moradores de rua.


Na estação Santa Luzia, também da linha Transcarioca, a situação é idêntica com muito entulho espalhado dentro do local.



O flagrante foi feito pela manhã do sábado (12). Sem a presença da multidão de passageiros que utiliza o transporte durante a semana, foi possível perceber a situação de abandono de muitas estações, que estão sendo usadas como abrigo por moradores de rua. O mesmo cenário foi encontrado nas estações Santa Luzia, Penha 1, Penha 2, Mercadão de Madureira e Tanque, com moradores de rua tomando conta dos bancos.


O caminhoneiro Almir Lopes, morador de um apartamento em prédio localizado em frente à estação Penha 1, reclama do abandono provocado pela instalação do BRT.


Ônibus quebrados, sempre lotados, o serviço é péssimo. O ônibus demora e, quando vem, vem superlotado. E ainda por cima os moradores de rua ocupam as estação.

Fonte: R7