Buscar

OUTUBRO ROSA: movimento internacional promove ações de conscientização sobre o Câncer de Mama


O monumento ao Cristo Redentor, que completou no dia 12 de outubro, 90 anos, também foi

iluminado na cor rosa (foto divulgação santuariocristoredentor)


Vamos lá minha gente, ainda dá tempo de arregaçar as mangas e participar de uma ação social vinculada ao Outubro Rosa, mês em que se promovem campanhas de prevenção do câncer de mama. O Barão tá feliz, porque uma de suas amigas, a jornalista, produtora de TV, atriz e fotógrafa Glaucia Melo está pilotando uma dessas iniciativas.


Protagonista de uma vitória na luta contra o câncer de mama em plena pandemia, Gláucia Melo, além de todas suas qualidades profissionais na área da comunicação, está organizando para o próximo sábado, dia 16, de 10h às 12h no Shopping Fashion, que fica na Avenida Boulevard, 197, em Vila Isabel, o evento “Prevenção e + Amor, por Favor”.


- “Nosso objetivo principal é conscientizar as pessoas através dos profissionais de saúde que lá estarão para ministrar palestras informativas e materiais de divulgação. Esperamos por vocês com muito amor e também para degustar um delicioso café”, diz Gláucia que também possui uma loja no mesmo endereço.

Uma iniciativa dessa só merece os nossos aplausos. Parabéns a toda rede de comerciantes que apoiam essa proposta lá no Shopping Fashion.


SOBRE O OUTUBRO ROSA

O movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, conhecido por todos como Outubro Rosa foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com o objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.


NO MUNDO

No ano passado, mais de 2,3 milhões de mulheres no mundo descobriram que estavam com câncer de mama. Esse tipo de tumor é o que mais acomete a população feminina brasileira e, segundo dados fornecidos pelo INCA (Instituto Nacional de Câncer) representa cerca de 24,5% de todos os tipos de neoplasias diagnosticadas.


NO BRASIL

No Brasil, em 2020, cerca de oito mil casos de câncer de mama tiveram relação direta com fatores comportamentais, como consumo de bebidas alcoólicas, excesso de peso, não ter amamentado e inatividade física. O número representa 13,1% dos 64 mil casos novos de câncer de mama em mulheres com 30 anos e mais, em todo o País, de acordo com dados do INCA.


139 visualizações
 

Mais Notícias