Father and Son Playing

Quer aparecer para 55.000 pessoas toda semana?

R$ 400,00 semanais 
2 posts por dia, durante 5 dias na semana

Relatórios semanais para sua análise...

Buscar

Paes quer transformar sistema de ônibus rápido em VLTs

Prefeitura anunciou mudança nos modais em projeto a longo prazo com objetivo de construir 250 km de novos trilhos em 15 anos



O prefeito Eduardo Paes (PSD) anunciou que pretende espalhar pela cidade o VLT, sigla que significa veículo leve sobre trilhos. A ideia é que ao longo dos próximos 15 anos sejam mais de 250 km de de VLT pela cidade. A Prefeitura do Rio de Janeiro quer inclusive mudar dois corredores de ônibus comum (BRT), o Transcarioca e o Transoeste, em novas linhas de VLT, que vão aproveitar a estrutura já existente. A economia, segundo o município, é da ordem de R$ 7 bilhões para adaptar os corredores e estações do BRT para o VLT. A polêmica que surgiu no entorno desta media envolve um trajeto que percorreria toda a Zona Sul do Rio de Janeiro pelos bairros de Botafogo, Humaitá e Gávea, onde até hoje se aguarda uma obra da Linha 4 do metrô. Esta extensão acabaria com o tráfico de veículos em determinadas ruas de Botafogo e reduzirias as faixas em determinados pontos.



Segundo especialistas em trânsito, a solução não parece viável e factível. Paes prometeu que vai conversar com a população e promover audiências públicas antes de tirar o projeto do papel, o que se concretizaria a partir de 2025. “Nada do que foi feito da estrutura dos BRTs se perde. Absolutamente nada. Ao contrário, a estrutura dos BRTs facilita a nossa vida para que a gente possa dizer que este plano é viável, factível e possível. Na prática a infraestrutura está pronta”, afirmou o prefeito que também ressaltou que a medida é de longo prazo. O projeto do VLT vaio no bojo dos jogos olímpicos de 2016 e foi executado pelo atual comandante da cidade, que também ocupava o cargo naquela época.