Prefeitura libera rodas de samba no Rio

Mudança ocorre depois de reclamação de representantes inconformados com a permanência da proibição da atração ao mesmo momento em que foram liberadas outras atividades com música ao vivo


Rio - A Prefeitura do Rio informou nesta segunda-feira (5) que as rodas de samba já estão liberadas na cidade. Porém, os eventos têm que seguir as recomendações da Fase 6B para casas de show e para música ao vivo, ou seja, sem pista ou espaço de dança, e cumprindo todas as Regras de Ouro.


Ainda segundo a prefeitura, a medida se trata de uma ratificação e não de uma alteração do Decreto Nº 47969. A mudança ocorre depois de reclamação de representantes das rodas de samba inconformados com a permanência da proibição da atração ao mesmo momento em que a prefeitura liberava outras atividades com espaços de música ao vivo. O funcionamento de boates e das quadras de escolas de samba ainda não foi liberado.


O decreto da Fase 6B autorizou música ao vivo em bares e restaurantes, mas sem pista de dança. As bebidas e os alimentos só devem ser vendidos aos clientes que estejam sentados às mesas. Para evitar a aglomeração, a venda desses produtos para quem está do lado de fora dos estabelecimentos continua proibida. Todos, segundo a Vigilância Sanitária do município, permanecerão fiscalizados para manter o cumprimento das determinações do município com relação às regras de ouro, como distanciamento entre pessoas, uso obrigatório de máscaras e disponibilidade de álcool em gel.


Orientações para espaços de rodas de samba:


1. Mesas e cadeiras devem ser reorganizadas, respeitando o espaçamento mínimo de dois metros de distância entre elas, conforme determinado no Decreto RIO Nº 47.282. 2. Em cada mesa deve ser respeitada a ocupação de, no máximo 50%, exceto para o mesmo grupo de pessoas. 3. Artistas devem utilizar máscara durante todo o tempo, exceto quando estiverem se apresentando no palco. 4. Todas as pessoas envolvidas no backstage e staff artístico devem usar máscara e demais EPIs necessários à atividade, respeitando a distância de precaução de dois metros, inclusive os músicos que atuarão nos palcos (com exceção para instrumentos de sopro).  

 
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone