google-site-verification=lbjueM2tO1RF8DU_YVArfBjlwLINtJ5N-0i3bpcVFVo
top of page
Post: Blog2_Post

Quintal da Cris agora no Império Serrano!

Diversão – Cultura – Educação para todas as idades


Pela primeira vez, o Quintal da Cris chega a um dos berços do samba carioca, o Império Serrano, tradicional Escola de Samba do bairro de Madureira, uma dissidência do Prazer da Serrinha continuação do bloco carnavalesco Cabelo da Mana, que tem em sua história, nomes como: Silas de Oliveira, Mano Décio, Aniceto do Império, Dona Ivone Lara, Beto Sem Braço, Jorginho do Império e Arlindo Cruz. O povo da Serrinha está em festa, afinal no dia 5 de agosto, a partir das 16h, o local ganha samba, cultura e educação para todas as idades.

Na programação, oficinas de charme e literatura afro (intervenção poética das integrantes do Sarau Vingando Ismênia, com convidados e público apresentando poesias e trechos de publicações relacionadas ao universo feminino, amor e ancestralidade. Também, lançamento da obra literária de Marcelle Oliver "Tinha que ser Preto".


Ainda, inauguração do Quintalzinho da Cris, espaço kids para que crianças, de até 10 anos, possam participar do evento com os pais. Das 18h às 19h, oficina de dança (charme); das 19h às 20h, black music e swingueira com Marquinho Brad DJ que está há 2 anos no Quintal da Cris e há mais de 20 no mercado de trabalho mostrando o melhor do hip hop, charme, swing e música preta brasileira; e, depois das 20h, roda de samba de raiz com Juninho Thybau e convidados: Karlinhos Madureira, Cairo Madureira, Marquinho Art’Samba (intérprete oficial da Estação Primeira de Mangueira) e Lekinho (compositor da Mangueira). Na roda: Alex Piu-Piu (voz e cavaco), Cairo Madureira (voz), Douglas Souza (voz e reco), Pablo Falcão (violão), Jocymar Pagodeo (voz e tantan), Karlinhos Madureira (voz e banjo), Jefferson Zebrinha (voz e repique), Vitinho (surdo), Hiago Jorge (pandeiro), Fabricio Cigano (percussão) e Nelson Olimpio (cuíca).


O Quintal da Cris começou no bairro de Irajá, em 2021, pós pandemia, quando Teresa Cristina, executiva de grandes empresas que, depois de aposentada abandonou o Direito a passou a fazer samba dentro da própria casa, um terreno aberto rodeado de pés de sapoti e abiu. Diante da dificudade econômica que se instalou na época, Cris pagava os músicos com o dinheiro obtido com o lucro da cerveja. Assim, a roda foi girando... O terreiro da Cris se tornou pequeno e a roda passou a integrar o projeto sociocultural Urubu Cheiroso, também no Irajá. Agora a coroação! O Quintal da Cris se transfere para o Império Serrano, em Madureira, levando uma roda de samba de raiz que tem como padrinho – Bira Presidente - e reúne sambistas do naipe de Carlos Caetano, Marquinhos PQD, Pedrinho da Flor, Grupo Raça, Dhema, Zé Roberto, Cassiana Pérola Negra, Flava Saolli, Joana Nascimento, entre outros.


Serviço - Samba Quintal da Cris

Dia: 05/08

Hora: a partir das 18h

Local: Império Serrano (Av Edgard Romero, 114 – Madureira)

Ingressos: até às 20h (gratuito). Ingresso gratuito para músicos e integrantes da Escola de Samba (apresentando a carteira da categoria). Após às 20h (R$ 10,00). Camarotes para 15 pessoas (R$ 400,00). Vendas pelo Sympla, PIX ou e-mail (tccaldas7@gmail.com). Levar cópia do comprovante.

Mesas: R$ 10,00


Censura Livre (menores só acompanhados do responsável legal)

Comments


bottom of page