Tyson pensou em matar Holyfield e revela que morderia lutador novamente

Atualizado: Nov 21


Desclassificado na icônica luta contra Evander Holyfield em 1997, Mike Tyson contou que pensou em matar o adversário antes de morder o lutador e arrancar parte da orelha do oponente.


Prestes a voltar aos ringues , aos 54 anos, em uma luta de exibição no próximo dia 28 de novembro contra Roy Jones Jr, de 51 anos, Tyson falou que Holyfield tirou sua concentração em entrevista à TV Fox News.


“Eu mordi porque queria matá-lo”, revelou o ex-campeão mundial dos pesos pesados.


Outro ponto destacado pelo pugilista foi a perda de foco na luta por conta dos socos de Evander.

“Eu estava maluco com os socos na minha cabeça e tudo mais. Eu realmente perdi o foco da luta. Ele me tirou da

minha estratégia”, lembrou.


Tyson contou o que sentiu na ocasião: “Olha só, por bem ou por mal, não vou deixar ninguém tirar a minha glória. Vou encarar com tudo que posso’. E foi o que eu fiz. Assumo a minha responsabilidade por isso. Foi a minha glória e assumi a minha responsabilidade”.


Sobre a atitude de morder a orelha de Holyfield, Tyson afirmou que faria de novo.


“Eu espero que não. Eu digo, ‘não, nunca vou fazer isso outra vez’, mas pode ser que eu faça. Se ele voltar a fazer o que ele fez para levar a mordida, eu morderia outra vez, sim”, completou.


Apesar de ser considerado por alguns como o maior boxeador de todos os tempos, Tyson não se deu bem nas duas lutas com Holyfield. Foram duas derrotas, uma por nocaute, em 1996, e outra por desclassificação após mordida de Tyson.








 
anuncio.jpg
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone

REVISTA REAL NOTÍCIAS - AV. HENRIQUE LOTTE , 50 - BARRA DA TIJUCA - RJ - BRASIL - SITE DESENVOLVIDO POR CARLOS DE MELLO MARQUES - 00029291712