Veleiro para alugar: confira dicas para ter um barco para chamar de seu


Essa espécie de casa flutuante, a sua única preocupação é com o roteiro da viagem.

Cansou das prainhas isoladas do Saco do Mamanguá ou de mergulhar em paredões rochosos de baías isoladas? É só pedir para o capitão acionar os motores (ou as velas, em dias de bons ventos) para seguir até o próximo pedaço de mar exclusivo.


Mas esquece aquela história de que embarcações movidas a vela são exclusividades de celebridades e endinheirados. Por R$ 950 a diária, por exemplo, é possível alugar um veleiro para até quatro pessoas, equipado com cabines e cozinha.

E nem precisa dominar o vocabulário marítimo das palavras sem sentido para quem não domina as técnicas da navegação. Para quem não tem a carteira de habilitação para condução de embarcações, o Arrais, é possível viajar com um skipper, como são chamados os capitães de pequenas embarcações.


CONFIRA DICAS

O que é necessário? Para contratar um charter é necessário ter no mínimo 21 anos e apresentar documentos como RG, CPF e comprovante de residência.

O serviço funciona como em hotéis, com check-in ao meio-dia e retorno no mesmo horário, no dia escolhido para devolução. Por isso, planeje-se para ter tempo suficiente para estar de volta à marina, no horário do check-out.

© Fornecido por Viagem em Pauta Veleiro no Saco do Mamanguá, em Paraty (foto: Eduardo Vessoni)


É possível pilotar o barco?

Apenas quem tiver Arrais Amador ou superior, como é chamada a habilitação especial náutica.


E como alugar um veleiro sem habilitação? As empresas de aluguel costumam oferecer serviço à parte de skipper, como são chamados os profissionais habilitados para pilotar uma embarcação.



Quantas pessoas cabem a bordo?

Cada embarcação tem uma capacidade específica de pessoas a bordo, cujo limite não pode ser ultrapassado. Em tempos de distanciamento social, empresas estão reduzindo o número de passageiros por barco, por isso é recomendável confirmar os detalhes com a equipe de terra, antes de fechar o aluguel.


É possível levar animais de estimação? Animais de pequeno porte costumam ser permitidos pelas empresas de aluguel de veleiro.



O que é preciso levar?

O cliente deve levar itens de uso pessoal, assim como provisões para os dias que vai ficar embarcado. No entanto, barcos costumam ser equipados com roupas de cama e banho, além de água doce para o banho e cozinha.

Utensílios de cozinha e produtos mais básicos como temperos, óleo e detergente costumam ser disponibilizados pelas empresas.


Dá para cozinhar no veleiro? Sim. As embarcações contam com fogão, forno e churrasqueira, além de geladeira e, em alguns modelos, até freezer. É recomendado levar um cooler adicional com gelo para garantir que tudo fique bem conservado e gelado.


Como é o roteiro?

A rota a ser navegada pode ser definida entre os passageiros e o skipper.

O trecho entre o litoral norte de São Paulo e o sul fluminense tem alguns dos melhores pontos para navegação e ancoragem da costa brasileira.


Não muito longe de São Paulo e com acesso fácil, a partir de São Paulo, a Baía da Ilha Grande é um dos lugares mais exclusivos do litoral sudeste do Brasil. Na Ilha Grande são mais de cem praias, ao longo de 10 enseadas. Já a região de Paraty tem 65 ilhas e algumas centenas de faixas de areia escondidas entre rochas e trechos de Mata Atlântica.

Em São Paulo, é possível fazer um roteiro exclusivo entre Ubatuba e Ilhabela, em praias isoladas dessa região, a cerca de 3h30 da capital paulista.

Fonte: Wind Charter

 
anuncio.jpg
Navegue pela web
logo real certo.png
  • Facebook - círculo cinza
  • Twitter - círculo cinza
  • YouTube - círculo cinza
  • Grey Instagram Ícone

REVISTA REAL NOTÍCIAS - AV. HENRIQUE LOTTE , 50 - BARRA DA TIJUCA - RJ - BRASIL - SITE DESENVOLVIDO POR CARLOS DE MELLO MARQUES - 00029291712