top of page
Post: Blog2_Post
anuncio cabeçario site.png
Buscar

Anielle Franco, irmã de Marielle, será ministra da Igualdade Racial

Franco integrou o grupo técnico de Mulheres na equipe de transição do novo governo e chegou a ser cotada para assumir outra pasta, o ministério das Mulheres



A ativista Anielle Franco, irmã da vereadora carioca Marielle Franco, foi anunciada como da Igualdade Racial do governo do presidente diplomado Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O anúncio foi feito em uma coletiva de imprensa, que foi transmitida na manhã desta quinta-feira (22/12) no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).


Franco integrou o grupo técnico de Mulheres na equipe de transição do novo governo e chegou a ser cotada para assumir outra pasta, o ministério das Mulheres.


Em publicação nas redes sociais, a futura ministra afirmou que a pasta será aberto à "participação, diálogo e troca com todos os ministérios, os movimentos e todas as pessoas", afirmou Arielle. "Vamos juntas, juntes e juntos construir o Brasil do futuro!", ela acrescenta.


A equipe de Anielle contará ainda com Douglas Belchior (PT) como presidente da Fundação Palmares. Belchior foi candidato a deputado federal por São Paulo e presidente da Uneafro, ONG que atua na área da educação.


A nova ministra

Anielle Franco é formada em Jornalismo e em Inglês pela Universidade Central da Carolina do Norte, bacharel-licenciada em Inglês/Literaturas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj), mestra em Jornalismo e em Inglês pela Universidade da Flórida A&M e mestranda em Relações Étnico-Raciais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Ela também é uma dos quatro brasileiros selecionados, em 2021, para a nova edição Ford Global Fellow, programa que visa fortalecer lideranças globais da Fundação Ford. Atualmente, ela também atua como diretora-executiva do Instituto Marielle Franco que por essa organização social lançou o projeto Escola Marielles que corrobora na formação política de meninas e mulheres negras, periféricas e LGBTQIA+. O projeto tem sede no complexo de favela da Maré, na Zona Norte do Rio de Janeiro, onde nasceu .

Depois da morte da irmã, a ex-vereadora Marielle Franco, em 2018, juntamente com o motorista Anderson Gomes, escreveu primeiro livro Cartas para Marielle que reune textos de parentes sobre a experiência de luto pela irmã.


*Estagiária sob supervisão de Ronayre Nunes

Cobertura do Correio Braziliense

Quer ficar por dentro sobre as principais notícias do Brasil e do mundo? Siga o Correio Braziliense nas redes sociais. Estamos no Twitter, no Facebook, no Instagram, no TikTok e no YouTube. Acompanhe!

bottom of page