google-site-verification=lbjueM2tO1RF8DU_YVArfBjlwLINtJ5N-0i3bpcVFVo
top of page
Post: Blog2_Post

Doença desconhecida causa morte de três crianças em Minas Gerais; entenda

Atualizado: 21 de nov. de 2023

Vítimas tinham 3, 9 e 10 anos de idade. Amigdalite, febre, vômito e infecção na pele são alguns dos sintomas


A saúde em São João del-Rei, no Campo das Vertentes, está em alerta. O motivo é a morte de três crianças, de 3, 9 e 10 anos, nos últimos dois meses. O fato fez com que a Secretaria Municipal de Saúde e a prefeitura local emitissem uma nota, explicando o caso e fazendo recomendações à população.


Os sintomas observados em crianças são de amigdalite, febre, vômito, manchas e infecção na pele. Com as mortes, o Setor de Vigilância e Epidemiologia da Secretaria Municipal de Saúde foi acionado. Segundo a pasta, não existe um surto, no entanto, medidas estão sendo adotadas para se evitar que algo mais grave aconteça.

A primeira decisão, segundo a prefeitura, foi o fechamento das escolas municipais, embora o parecer da Secretaria Municipal de Saúde é que não existe a necessidade de fechamento das instituições de ensino. A administração da cidade, porém, optou por esse caminho.


Todas as escolas passarão por uma desinfecção e limpeza generalizada a partir desta quarta-feira (25/10). Não foi informada a previsão de reabertura das escolas.


No parecer da Saúde, segundo o secretário Renê Marcos Fernandes, não há critérios alarmantes para o fechamento das instituições. Todos os casos observados estão sob controle, diz a entidade.


A Saúde entende também que os óbitos não estão correlacionados. Existem, hoje, quatro crianças internadas com os sintomas, em observação.


Uma recomendação foi feita à população, para que não levem crianças à escola, caso haja algum desses sintomas. Nesse caso, deve-se procurar o atendimento médico, disponibilizado nas unidades da prefeitura e também na rede hospitalar.


Recomendações


Assim como aconteceu na Pandemia de COVID-19, algumas medicas protetivas estão sendo recomendadas, como: higienização das mãos, uso de álcool 70%, não compartilhar objetos pessoais (copos, garrafinhas de líquido, talher) e que seja mantido o sistema vacinal.

Comments


bottom of page