anuncio cabeçario site.png
Buscar

Matou aleatoriamente, diz delegado sobre homem que atacou engenheiro a facadas

Assassino ficou vagando nas ruas por cerca de 5 horas e fez menção de abordar outras pessoas


Willian Ferraz do Carmo, de 26 anos, matou o engenheiro Gabriel Barbosa Leite, 34, pois foi a primeira pessoa que encontrou na rua ao sair de casa, na madrugada do último dia 11, na Tijuca, Zona Norte do Rio. A informação foi dada pelo delegado Cassiano Conte, responsável pela investigação na Delegacia de Homicídio da Capital (DHC), durante coletiva de imprensa, na manhã desta sexta-feira, dia 18.





"Ele simplesmente saiu de casa, da comunidade do Salgueiro, por volta de 1h15 da manhã, e encontrou a vítima. O ataque ocorreu de forma aleatória", afirmou Conte.


Gabriel teria saído de casa para comprar cigarros e morreu após ser atacado por 20 facadas. Após o crime, o autor do homicídio ainda vagou pelas ruas até 6h da manhã, antes de retornar para casa. "Ele chega a cruzar com outras pessoas e a mexer na faca, mas não ataca mais ninguém", explicou Conte.


Também participou da coletiva o titular da DHC, Alexandre Herdy. "Desde as primeiras horas do crime diversas diligências foram feitas e pelas imagens das câmeras ficou comprovado que não houve nenhum contato entre autor e vítima. O crime foi atípico e brutal, chocou a todos aqui na delegacia", disse Herdy.



Os investigadores pretendem solicitar um exame mental de Willian durante a investigação, que ainda está em curso. A Justiça decretou a sua prisão por 30 dias, e os investigadores irão solicitar ao Ministério Público que ela seja convertida em preventiva.


Ainda segundo os investigadores a divulgação das imagens do crime pela imprensa auxiliou as investigações, pois a sua residência foi localizada após uma denúncia ao Disque Denúncia.



"Na casa foram encontradas algumas facas, mas somente uma tinha manchas de sangue e essa foi apreendida. Um tênis com sangue também foi apreendido. Ele assumiu o crime e não demonstra arrependimento", afirmou Conte.


Sua prisão ocorreu em Ramos, na casa de uma conhecida, na noite de ontem e permanecerá à disposição da Justiça.











Fonte: O Dia